Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2009

.

Vanessa a um jogo do TRI

Depois da difícil vitória do passado fim de semana, na ilha do Pico, por 3-1 (25-21; 21-25; 20-25 e 20-25), sobre o C.D.Ribeirense, tal como nas duas últimas épocas, a equipa da Trofa pode festejar em casa o título nacional logo no terceiro jogo (dia 1 de Maio).


"Sentimos algumas dificuldades no 1º set, elas entraram fortes e nós demoramos a entrar no nosso jogo. Felizmente conseguimos superar essas adversidades, jogando ponto a ponto e confiando em cada uma de nós e nas nossas capacidades, o que nos conduziu à desejada, mas muito suada, vitória."

"Para este 3º jogo já se fala em pavilhão cheio, vitória, festa, etc, mas temos que manter a cabeça fria e os pés bem assentes na terra. Encaro este jogo como do primeiro se tratasse e com muita força, determinação, motivação e concentração. E só quando ganharmos o último ponto do jogo, aí sim, é para festejar."

C.A. Trofa viaja para os Açores

CDRibeirense recebe o C.A.Trofa amanhã (18Abril) pelas 20h (hora local), contando para o 2º jogo do playoff

"É um pavilhão com um grande ambiente, sempre com muita gente a apoiar o Ribeirense, um jogo sempre difícil e de elevada intensidade. Sabemos das dificuldades que vamos encontrar e fazer um bom jogo individual e colectivo é o principal objectivo, obter uma 2ª vitória já neste próximo fim de semana seria o ideal!"

C.A. Trofa vence 1º jogo

"Muita força e determinação até ao último ponto!! Acredito que vamos ser campeãs!"
O actual campeão nacional C.A.Trofa/Real Seguros e o finalista da Taça de Portugal 2009 C. D. Ribeirense, disputam hoje (11 de Abril) pelas 17h no pavilhão da Escola de S. Romão do Coronado na Trofa, o primeiro jogo da Fase Final do Campeonato Nacional A1 Feminino 2008/2009, que se decide à melhor de cinco jogos, repetindo o confronto das duas últimas épocas.

JOGADORAS LAMENTAM AUSÊNCIA DE PROJETO DE FUTURO NA SELEÇÃO FEMININA

O anúncio da nova estrutura técnica das seleções nacionais, com a nomeação de Juan Diaz para coordenador geral e responsável pela equipa masculina, deixa preocupadas as jogadoras da formação feminina, receando uma vez mais que as boas intenções anunciadas há dois anos para o escalão não sejam de novo cumpridas. Até porque no comunicado que foi distribuído à imprensa dando conta da nova estrutura, a FPV aponta como objetivos para a Seleção masculina os Jogos Olímpicos de Londres'2012, enquanto para a feminina a meta anunciada são os Jogos da Lusofonia, em julho deste ano."Temos uma Federação com dois pesos e duas medidas, ou seja, tem objetivos concretos para o masculinos e para o feminino não", disse Ana Paulo, a mais velha e experiente jogadora da Seleção, para quem a situação, porém, não é nova. "Estou há 12 anos na Seleção e todos os anos avança-se com uma meta para o feminino que muda consoante a entrada de novos técnicos. Na prática, não se concretiza o que foi…

Blog Oficial Vanessa Rodrigues